For Rainbow > News > Uncategorized > Produção audiovisual femininx é foco do 13º For Rainbow
Posted by: For Rainbow
Category: Uncategorized

Seja nas telas de cinema, na técnica, na produção ou na direção, mulheres conquistam mais espaço e representam a maior parte dos filmes do festival. 

De punho erguido e bandeira feminista em riste, o For Rainbow – Festival de Cinema e Cultura da Diversidade Sexual e de Gênero – criou novas perspectivas para sua 13ª edição, que acontecerá de 8 a 14 de novembro, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Com o tema “Dias Mulheres Virão!”, na temporada de 2019, as mulheres ocupam cada vez mais espaços e são maioria absoluta nos filmes em cartaz, com a estreia do programa Feminino Plural.

O atual contexto brasileiro é de extrema opressão e violência contra mulheres. Cisgênero ou transgênero, elas ainda são os maiores alvos da violação de direitos, do machismo, do racismo, dos assédios morais e sexuais e dos crimes letais. Só em São Paulo, os casos de feminicídio aumentaram 44% no primeiro semestre de 2019.

Através da arte, em suas mais diferentes linguagens, o For Rainbow passa a abrigar mais fortemente a questão de gênero – incluindo o termo também em seu nome – e amplia em sua programação o espaço para o empoderamento feminino e a desconstrução da cultura da violência de gênero.

Feminino Plural marca a abertura de novas mostras de filmes, incentivando a construção e o fortalecimento de espaços que visibilizam a fala de mulheres. Segue na programação a Mostra Lilás – filmes com temáticas lésbicas – e estreiam as mostras Jurema – filmes com pautas de mulheres indígenas; Cinemul – produções realizadas por cearenses e Lugar de Mulher é no Cinema – com obras produzidas por mulheres.

Ao longo da programação, o festival também contará com o lançamento do livro “O Casulo Dandara”, de Vitória Holanda – obra que conta a história da travesti Dandara, brutalmente assassinada em Fortaleza, em 2017. A Arena do Dragão receberá a festa feminista Viva La Vulva e a DJ Priscila Delgado, além da performance “Espelho”, do coletivo As Filhas da Mãe.

As novas ações do festival são também reflexos da equipe de produção do 13º For Rainbow. São mulheres que ocupam cargos de chefia e comandam as abordagens deste, que é o maior festival de cinema e cultura LGBT gratuito do Brasil.

Author: For Rainbow

Deixe uma resposta